Bancada do PSL se reune na ALESP e decide por unanimidade lançar Janaina Paschoal à Presidência da Assembleia Legislativa

0

 

A maior bancada da Assembleia legislativa de São Paulo decidiu seguir a tradição da casa, onde a maior bancada indica o Presidente.
Janaina Paschoal, a mulher mais votada da história pode ser a primeira mulher a presidir a ALESP. Advogada e autora do Impeachment, Janaina será a opção que representará a renovação na disputa. Ela deve contar com o apoio dos Deputados que representaram a renovação no pleito de 2018.

Arthur do Val, Deputado Eleito pelo DEM, participou da reunião e declarou apoio a candidatura de Janaína. Ambos compuseram fileiras nos movimentos que resultaram no impeachment.
Ele acredita que ela tem boa chance e que o maior desafio dela será o candidato do DEM. Perguntado se irá ficar contra o próprio partido Arthur se declarou independente.

Douglas Garcia Deputado Estadual Eleito e líder do Direita São Paulo vê a candidatura como natural.

“Ela representa a renovação na qual o povo deposita sua expectativa. Ela é a candidatura que o povo precisa.
Agora não estamos mais vivendo o período onde vigorava a estratégia das tesouras, onde tínhamos que escolher entre o pior e o menos pior. “

Para ele os representantes do PSL tem obrigação de trazer a mudança fazendo com que as velhas raposas percam espaço e tragam a renovação que povo brasileiro precisa e espera.

A Deputada Estadual Eleita Janaina Paschoal afirmou que diante de uma derrota irá assumir a liderança do partido, se não tiver candidato. Ela também afirmou que o PSL adotará uma posição de independência no governo Doria do PSDB.

Independência não significa ser contra. Significa você ter autonomia de analisar os projetos.” Afirmou ela.

Por Julliene Salviano

20181018_173956

 

Campartilhe.

Sobre o Autor

Jornalista, assessora de imprensa e divulgação de mídia

Deixe Um Comentário

Facebook login by WP-FB-AutoConnect